Home / Notícias / Geral / Novidades a caminho? Nokia e Xiaomi estreitam parceria em uso mútuo de patentes

Novidades a caminho? Nokia e Xiaomi estreitam parceria em uso mútuo de patentes

Ainda ontem (04/07) vimos um rumor sobre os novos smartphones a serem lançados sob a marca Nokia, sendo comentado que a finlandesa poderia estar firmando uma parceria com a Xiaomi para utilizar o chipset Surge S1 em modelos intermediários para o próximo ano. Pelo visto as companhias vêm realmente estreitando relações, pois o VP Sênior da Xiaomi, Xiang Wang, compartilhou em sua página no Facebook uma foto assinando um importante acordo entre elas.

“Após meses de negociações, finalmente conseguimos esta parceria com a líder mundial em tecnologia Nokia. Isso reflete o profundo respeito que a Xiaomi tem pelos direitos de propriedade intelectual. É um marco significativo para nós em nossa jornada de globalização e nos levará mais longe à medida que aprofundarmos nossos negócios em mais mercados. Estou muito orgulhoso da nossa equipe fenomenal!” – Xiang Wang, VP Sênior da Xiaomi

Como pode ser visto, a Xiaomi irá se beneficiar do vasto acervo de patentes da Nokia em seus dispositivos, o que evitará que a chinesa precise pagar alguns milhões em royalties para não ser processada. Para confirmar a parceria, o Presidente e CEO da Nokia também se manifestou, comentando que está ansioso para ver os projetos em que as empresas poderão trabalhar em conjunto e comemorando o fato da Xiaomi ser uma das maiores fabricantes de smartphones do mundo.

“Xiaomi é uma das principais fabricantes mundiais de smartphones e estamos muito satisfeitos por ter chegado a um acordo com eles. Além de receber uma empresa de tecnologia global tão proeminente para a nossa família de licenciados de patentes, estamos ansiosos para trabalhar juntos em uma ampla gama de projetos estratégicos.” – Rajeev Suri, Presidente e CEO da Nokia

Com este acordo, ambas as companhias concordam em um uso mútuo das patentes, o que daria margem para que a Nokia usasse os chips da Xiaomi sem precisar pagar os royalties sobre a tecnologia, oferecendo apenas o valor bruto pelos componentes. Pelo que foi comentado, entretanto, a maior relação das empresas será nas áreas de redes para alavancar mercados de Internet das Coisas, Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Inteligência Artificial.

Ainda não se sabe ao certo quais serão os primeiros frutos desta inesperada parceria entre as companhias, porém com a Nokia provendo toda a infraestrutura de rede necessária é provável que tenhamos um grande aumento na presença da Xiaomi no ocidente, restando apenas aguardarmos para ver se isto irá refletir em uma possível decisão de retorno ao Brasil.

Infelizmente, não foram dados detalhes sobre os próximos passos a serem dados ou os valores que envolveram a transação, sendo dito apenas que este é “um acordo para muitos anos” e que várias soluções baseadas em serviços já oferecidos pela Nokia estão em desenvolvimento. Dentre elas, teríamos soluções de transporte óptico para interconexão de datacenter, roteamento de IP baseado no processador de rede FP4 recentemente anunciado da Nokia e uma solução de fabricação para data centers.

 

fonte: tudocelular

Sobre NewTcV

Cheque em breve

O iPhone é menos confiável que o Android, diz novo estudo

Um novo estudo publico pelo Blancco Technology Group indica que os modelos do iPhone são …

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: